terça-feira, 18 de setembro de 2012

O que amoras têm a ver com felicidade? Tudo!

Há alguns anos, eu morava em um apartamento alugado. Era um apartamento bacana, mas era alugado e era um apartamento e eu sonhava em morar numa casa, ter quintal, essas coisas... e um pé de amora.

Por que amora? Não sei, só sei que queria. Amora é o tipo de fruta que me lembra quintal, infância e eu tinha necessidade de ter uma amoreira.

O tempo passou, compramos nossa casa há seis anos e estamos há seis anos reformando nossa casa. Dinheiro não dá em árvore, como as amoras, então tudo aqui é feito aos poucos, mas está ficando do nosso jeito. Tem quintal gramado, tem varanda, tem uma piscininha e tem amoreira.

Plantei a amoreira há 4anos, de um galho que arranquei de um pé e deu certo. No ano passado, ela deu umas poucas frutinhas tímidas, mas este ano, os galhos estão carregadinhos, uma delícia! E vocês não podem imaginar como estou feliz. Certas coisas são simbólicas e o pé de amoras, de uma certa forma, significa que eu consegui o que queria. Então, só posso estar feliz!

Quem disse que a gente precisa de muito pra ser feliz?

Olha amoreira aí:



Os galhos cheios de frutinhas:



As frutinhas:



                                             Filhote preparando um bolo de amoras:
                                                 
                                                               O bolo antes de ir ao forno:


Prontinho:

Como eu fiz o bolo? Peguei aquela receitinha básica de bolo, depois de colocar a massa na assadeira, joguei as amoras por cima, levei ao forno e depois de assado, peneirei açúcar de confeiteiro por cima

12 comentários:

Val disse...

Tá aí uma frutinha que me lembra infância tbm...adoro amoras, mas aqui onde moro só achamos nas escolas kkk. Um dia quero comprar uma casa com quintal cheio de árvores e plantas para dar de presente para mammy, mas antes disso preciso comprar um terreno ou casinha para nós, mas aí...só Deus sabe quando...
PS: O bolo parece delicioso! Bjs.

Anônimo disse...

Amoreira foi a primeira frutífera que plantei em meu quintal, pelos mesmos motivos que voce: a lembrança de uma infância feliz!
Claudia, além dos frutinhos deliciosos, com as folhas se faz um chá que é um santo remédio, e o melhor de tudo: os pássaros cantando nos galhos à procura de frutos, logo pela manhã.

Fatima
















Prycila Patrício disse...

Noooossa, e cresceu super rápido esse pé de amora hein...
Amo... moro em apartamento, e tenho um pezinho em um vaso... é pequeno mas dá umas amorinhas de vez em qdo.

Tania Mara disse...

É, vc tem razão....
Amoras tem gosto de infância.
Pra vc, pra mim e com certeza terá para os nossos filhos também.
Aqui em casa tem alguns arvorezinhas de amora que nós plantamos e minha filha de três aninhos não sai de baixo.

Já fiz geléia e suco mas bolo nunca fiz.
O seu parece uma delícia.

Abraços

Joselma Barbosa disse...

minha mãe tem um pé de amora,plantada no vaso ,ela tem, para beber o chá de amora.sempre da frutos poucos mais da.meus filhos gostam muito ,quando aparece é uma briga para quem pega primeiro.

Joselma Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anabela Jardim disse...

Senti saudades do tempo de criança. Tinha um pé de amoras no nosso quintal. Fazíamos suco de amoras.
http://anabelanacasadavovo.blogspot.com/

Karina Batista disse...

Claudinha, que coisa mais linda!!! Outro dia passei por uma avenida que tem pés de amora no canteiro central e mostrei pra filhota, mas os frutinhos ainda estavam bem pequenininhos. Ano passado fomos colher amoras em uma praça, mas fiz geleia. Quem sabe esse ano sai um bolo igual ao seu. Beijão, mariacarambola

Anônimo disse...

Corre antes que os passarinhos cheguem.Aqui em casa,o chão fica todo manchado de vermelho nessa época.

Thaiza. disse...

Noossa eu adoro amora!!! Jura que de um galho deu tudo isso?!!

Parabéns!

regina disse...

< Parabéns, que bolo incrível! Realmente amoras tem sabor de infância. Certamente seu filho vai ampliar a memória olfativa dele e vai se lembrar até do cheiro desse bolo delicioso assando.

Patrícia disse...

Deu vontade esse bolo...kkkk puxa
queria muito ter uma árvore frutífera, deve ser maravilhoso!

bjs
Paty