quarta-feira, 3 de março de 2010

As cores de quem tem 15 anos

Eu já tive 15 anos, há muuuuitos anos atrás e devo dizer que vivi intensamente a minah adolescência, mas como o mundo mudou rápido demais, me divirto assistindo a adolescência da minha filha. Acho, sinceramente que apesar de muitos pais não terem paciência, de chamarem de aborrecência, é uma fase muito bacana, de descobertas, de desabrochar pra vida e não existe coisa melhor do que viver essa fase de verdade, com todas as dores e as delícias que ela tem.

Minha filha Luíza fará 16 anos em julho e está em uma fase coloridíssima, os cabelos são pink, mas já foram azuis e roxos, isso porque ela é ruiva e tem cabelos de um tom lindíssimo, mas eu não ligo, o pai fica meio chateado e eu sempre digo: "quando é que ela vai ter 15 anos de novo?"

A coleção de All Stars tem todas as cores do arco-íris, camisetas fluo são figurinha fácil no closet. Pulseiras, faixas, lenços e tiaras complementam com mais cor o visual. E pra fechar com chave de ouro, bolsas e celulares carregam um mundo de chaveirinhos coloridos.

Achou exagero? Então, imagine a alegria desta menina com a coleção de esmaltes do momento? Morro de rir com as mãozinhas finas e branquinhas dela com uma unha de cada cor. Mas a preferida do momento é a verde, então resolvi publicar uma fotinho aqui, das mãos da Lu:





Não é uma graça?

E como a cor está em tudo, ontem ela inventou uns cookies de cereja e usou corante rosa, o resultado é esse aí, ó:



(Gostaram da bandeja de moranguinhos, consegui essa pechincha por 3,90 reais, amanhã conto onde comprei, tá?)


Os cookies ficaram deliciosos, se você quiser anotar a receita, tá aí embaixo, mas se você não tem 15 anos e acha desnecessário, pode fazer sem o corante mesmo.rs

Cookies de Cereja da Lu
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo
1 ovo
2 colheres (sopa) de margarina
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 pitada de sal
1 xícara de cerejas picadas

Misture o ovo, a margarina e o açúcar até formar um creme, acrescente aos poucos a farinha de trigo, sempre mexendo, na sequência, coloque o sal, a baunilha, o corante (totalmente opcional!) e o fermento. Por último, acrescente as cerejas e misture bem.

Numa assadeira forrada com papel manteiga, vá formando os biscoitos, colocando colheradas da massa a cerca de 3 cm umas das outras. Leve para assar a 180ºC por cerca de 12 minutos (macio) ou mais (crocante. Rende cerca de 30 cookies.

Ah, e como adolescente adora uma novidade, dá só uma olhada na luminária da Imginarium, que ela tem na mesinha de cabeceira.

Apagado:


Aceso:

8 comentários:

Isabel Cristina disse...

OI Cláudia, realmente sua filha precisa aproveitar muito esta linda etapa da vida. Nesta idade tudo é permitido! E passa tão rápido (nós sabemos disso...)

Eu fico daqui imaginando o que minha filha vai inventar quando chegar a vez dela ( e faltam só 11 anos...) Eu espero poder apoiá-la muito e ser uma mãe parceira, como você!

Quanto aos cabelos tingidos das mais variadas cores ,fala para o seu marido que é uma fase, logo passa! he he

Claudia e Adriana disse...

Oi Claudia,
Adolescência é um período mágico!!
Nossa que saudade!!
Tenho um filho com 15 anos e outro com 13, me divirto com eles tb, mas meninos são bem diferentes.
Temos que curtir bastante essa fase com eles. pois é como a Isabel falou, logo passa!!!
Bjks Claudia.

Bia Bueno disse...

Arrasou esse esmalte!

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Claudia

Também adoro essa fase dos filhos !!! Ver seu desabrochar...
A minha filha de 11 anos conseguiu porara de roer as unhas com essa moda de esmaltes coloridos e eu dei todo o apoio.
Quando ela era menor amava a pitty com seus cabelos vermelhos, agora ama ser loira...

Felicidades pra sua menina, uma sortuida em ter uma mãe tão companheira!!!

bjus amiga

Marcia disse...

Oi, Claudia! Meus sobrinhos queridos ainda estão bem longe dessa fase, mas eu me recordo dos meus 15 anos como se fossem ontem (e olha que já se passaram mais de duas décadas ;)). Tantas expectativas, tantas coisas a serem realizadas, não é? É um período de criação e transformação, que fica bem mais bacana quando se tem um cotidiano colorido e uma mãe que nos apóia (a minha foi show nessa época). Um beijo.

Dricca Kastrup disse...

Ai, que mãozinha mais linda, gente ! Fiquei aqui imaginando minha menina adolescente e me deu um frio na barriga, aiiii... Será que a gente vai conseguir manter a proximidade que existe hoje ? A adolescência do meu mais velho não foi muito fácil, nem pra ele nem pra mim. Vamos aguardar pra ver !

bjobjo

Ligia disse...

Oi Cláudia, cheguei por aqui hoje atravéz do site Arrumadíssimo.
Fala pro seu marido ficar tranquilo mesmo q os cabelos coloridos são fase, mas quanto as unhas....tenho 23 anos e pinto minhas unhas das cores mais variadas possíveis, estou numa fase de verde e azul...hauhauahauhu

faz bem um pouco de diversão numa vida bem mais séria de quando eu tinha 15 anos.

adorei seu blog, bjos!

Maria Laura Martins disse...

Adorei o texto... achei o máximo a maneira como você encara a adolescencia de sua filha... epoca que realmente convenhamos não é nada fácil, inclusive pra ela... tantas mudanças...
Parabéns!!!